PAUL PERCY HARRIS,O FUNDADOR DO ROTARY INTERNATIONAL

Paul Percy Harris nasceu em 19 de abril de 1868 em Racine, Wisconsin, nos Estados Unidos, ao norte de Chicago. Foi o segundo dos 6 filhos de George N. Harris e Cornelia Bryan Harris. Por problemas financeiros, aos dois anos foi morar, juntamente com seu irmão Cecil, então com 5 anos, com seus avós paternos Howard e Pamela Harris, na cidade de Wallingford, no Estado de Vermont, nos Estados Unidos.

Foi aí que praticamente começou o direcionamento da vida de Paul Harris, como ele mesmo recorda em suas memórias "Meu Caminho para Rotary": “ Eu tive o privilégio de viver em um lar estável, onde não faltava nada e nada era excessivo; onde os ideais eram os mais elevados e a educação era o objetivo supremo.” Esta visão em direção à educação o levou às Universidades de Iowa, onde se formou advogado e obteve o título de doutor honorário na Universidade de Vermont.

Ao receber o seu diploma, Paul decidiu que passaria cinco anos conhecendo o mundo antes de se dedicar à sua nova profissão de advogado. Foi neste tempo que trabalhou como repórter de jornal, professor de economia, ator de teatro e cowboy. Fez também inúmeras viagens pelos Estados Unidos e Europa como representante de uma companhia de mármores e granitos.

Finalmente, em 1896 decidiu advogar em Chicago. O ambiente da cidade era difícil, com muita imoralidade, Incêndios fraudulentos, e falências, melhorando em 1900 com o fechamento das casas de jogos e tavernas, com a Promulgação da Lei Federal de Falências e a segregação da prostituição. Foi advogado durante 32 anos, membro do Colégio de Advogados do Estado de Illinois, do Colégio Americano de Advogados e Presidente da Comissão de Ética Profissional do Colégio de Advogados de Chicago. Em um dia no outono de 1900, Paul P. Harris se encontrou com o advogado Bob Frank para jantar em um luxuoso bairro no norte de Chicago. Eles saíram para uma caminhada parando em algumas lojas no caminho. Harris ficou impressionado com a maneira como Frank tinha feito amizades com muitos dos vendedores.

Desde que se mudara para Chicago para abrir seu escritório de advocacia, Harris não havia encontrado a mesma Camaradagem que Frank tinha com seus colegas empresários, e naquele momento começou a pensar em como encontrar esse tipo de companheirismo que o lembrava da cidade em que ele havia crescido na Nova Inglaterra. Em 23 de fevereiro de 1905 Paul Harris, juntamente com outros três homens de negócios: Silvester Schiele, comerciante de carvão, Gustavus Loehr, engenheiro de minas e Hiram Shorey, alfaiate, reuniram-se no Edifício Unity, na N orth Deaborn Street, 127, 7º andar formando o primeiro clube. O primeiro Presidente foi Silvester Schiele. O clube recebeu o nome de “Rotary” devido ao fato de que seus sócios se reuniam em rodízio nos respectivos locais de trabalho, em um sistema de rodízio. Seu quadro associativo cresceu rapidamente. Em 1907 surgiu o primeiro projeto comunitário: a instalação do primeiro sanitário público da cidade de Chicago, localizado perto da Prefeitura.

Em 1910 foi realizada a primeira Convenção, congregando se os clubes na Associação Nacional de Rotary Clubs. Paul Harris foi eleito Presidente da Associação. Nessa Convenção, por proposição de Arthur Frederik Scheldon, professor de marketing, foi adotado o lema: “mais se beneficia quem melhor serve seus companheiros”. Paul conheceu a sua futura esposa Jean Thompson em 1910 durante um passeio organizado pelo Prairie Club of Chicago, um grupo de amadores de atividades ao ar livre que ele ajudou a formar. Paul e Jean casaram-se em julho Daquele mesmo ano e dois anos mais tarde Paul construiu uma casa com vista para o campo onde eles se encontra ram pela primeira vez. A casa recebeu o nome de Comely Bank, o mesmo nome da rua onde Jean morou em sua infância, em Edimburgo, na Escócia. Paul e Jean não tiveram filhos.

Na 2ª Convenção, em Portland, Oregon, no ano de 1911, Paulo foi reeleito, dedicando-se ao desenvolvimento e expansão. Aprovou-se a proposta de Benjamin Franklin Collins, adotando-se o lema: “Servir, porém não a si próprio. Somente 40 anos depois, na Convenção de 1950, em Detroit, Michigan, EUA, foram oficialmente designados os lemas: “Mais se beneficia quem melhor serve” e “Dar de si antes de pensar em si”. O primeiro Rotary Club fora dos Estados Unidos foi fundado em 1911 em Winnipeg, Manitoba, Canadá. Nesse ano Nasceu a “The National Rotarian” publicação precursora da revista "The Rotarian".

Na Convenção de Duluth, Minnesota, em 1912, o nome foi mudado para Associação Internacional de Rotary Clubes, e encurtado em1922 para Rotary International.

Os Harris viajaram pelo mundo promovendo Rotary, sempre reconhecido como personalidade mundial, destacada, tendo recebido inúmeras condecorações. No Brasil, em 1942, recebeu do Presidente Getúlio Vargas, a “Ordem do Cruzeiro do Sul.

Paul faleceu em Comely Bank em 27 de janeiro de 1947 com 79 anos e foi enterrado no cemitério Mount Hope, nos arredores de Blue Island, perto da sepultura de seu velho amigo Silvester Schiele. Após a morte de Paul, Jean retornou à Escócia, sua terra natal, onde faleceu em 1963, com 82 anos. Em "Meu Caminho para Rotary", Paul atribui os valores nele incutidos por seus avós e vizinhos, a base que o levou à concepção de Rotary:

O Rotary nasceu do espírito de tolerância, boa fé e serviço, qualidades Características de meus familiares e companheiros de infância na Nova Inglaterra. Tenho tentado transmitir minha fé nesses valores a outros Seres humanos, com a mesma intensidade com que ela brilha dentro de mim”.


Notícias distritais

Projeto Global é entregue ao CEEBJA

O Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA) “Professor Manoel Rodrigues da Silva” recebeu, no dia 13 de dezembro passado, Projeto de Subsídio Global no valor de R$ 172.364,40, investidos em 18 conjuntos de computadores com acesso à internet e Smart TV 55 polegadas instalados em 13 Salas do Atendimento Coletivo, em 02 Salas de Recurso Multifuncional (SRM) – SRM Deficiência Intelectual e SRM Deficiência Visual, na Sala de atendimento individual das disciplinas de Artes e de Educação Física e em uma Sala Multimídia. O valor também contempla equipamentos para a segurança como gravadores de vídeos e câmeras instaladas em pontos estratégicos, nas áreas internas e externas da escola e sistema de alarme. Para o controle de acesso foi instalada a catraca biométrica, no portão de acesso dos alunos e um software de monitoramento. Dessa forma, a entrada, saída e tempo de permanência de uma pessoa nas dependências da escola pode ser controlada, o que favorece a segurança de todos.  Um dos maiores do Paraná – Este CEEBJA completou 33 anos de história e oferta o Ensino Fundamental Fase II e o Ensino Médio por meio da modalidade de Educação de Jovens e Adultos, de forma presencial coletiva e individual.  A sede fica na Rua Paranaguá, 430 - Zona 07 de Maringá. Tem também turmas no período noturno, que funcionam em escolas em bairros de Maringá, nos Distritos de Iguatemi e Floriano e nas cidades de Ângulo, Dr Camargo e Floresta, que são denominadas APEDs (Ações Pedagógicas Descentralizadas). Também há a APED Especial no Centro de Socioeducação (CENSE) que atende adolescentes em conflito com a lei. A matrícula é realizada por disciplina, sendo possível cursar até quatro matérias ao mesmo tempo, nos períodos da manhã, tarde ou noite. Para se inscrever no Ensino Fundamental a idade mínima é de 15 anos e no Ensino Médio 18 anos. Segundo Ausileide Alves Leal, que trabalha no CEEBJA há 20 anos, atuando como professora e coordenadora das APEDs e desde 2016 assumiu a direção do estabelecimento de ensino, ter sido contemplado com os recursos foi um grande avanço. “Para os diferentes grupos de educandos - jovens, adultos, idosos, educandos com deficiência, estrangeiros atendidos - as tecnologias e seus recursos de texto, imagem, áudio, vídeo, comunicação e interação ampliam as possibilidades de sistematização e organização de atividades pedagógicas que favoreçam o processo de ensino, visando como resultado aprendizagens significativas pelos educandos e atividades que os coloquem como protagonista de seu próprio aprendizado”, explica Ausileide. Atualmente tem cerca de 2600 alunos matriculados. Nos três turnos de funcionamento encontram-se alunos com dificuldades de aprendizagem e alunos com deficiência, estes últimos são aproximadamente cem alunos e que apresentam as seguintes deficiências: Deficiência Intelectual, Transtornos Funcionais Específicos (dislexia, disgrafia, disortografia e discalculia), Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade – TDAH e Altas Habilidades/Superdotação, que são atendidos pelo programa de Sala de Recursos Multifuncional tipo I. Deficiência Física Neuromotora, cada aluno é atendido por um Professor de Apoio à Comunicação Alternativa – PAC. Transtornos Globais do Desenvolvimento, os alunos são atendidos por um Professor de Apoio Educacional Especializado – PAEE. Deficiência Auditiva/ Surdez – os alunos são acompanhados por profissionais tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais – Libras/ Língua Portuguesa- TILS. Deficiência Visual/Cegueira e Baixa Visão – os alunos são atendidos pelo programa de Sala de Recursos Multifuncional Tipo II. Surdocegueira, o aluno é acompanhado por um profissional denominado de Guia-intérprete. Participaram do Projeto Global: Rotary Clubs de Maringá Parque do Ingá, Maringá, Maringá Novo Centro, Maringá Colombo, Maringá Aeroporto, Maringá Velho, Distrito 4630, Distrito 5330, Strongsville (Ohio –EUA), Maringá Horto, Campo Mourão Raio de Luz, Campo Mourão Araucária e Maringá Cidade Ecológica.  Por Larissa Nakao Comunicação Corporativa        

Postado em 18 de Janeiro de 2019 por

Anunciado lema rotário: “O Rotary conecta o Mundo”

Foi anunciado pelo Presidente Eleito do Rotary International, Mark Daniel Maloney, na abertura da Assembleia Internacional, que acontece na cidade de San Diego, Califórnia, EUA, durante toda a semana, o lema rotário que será utilizado na gestão 2019-18, que começa em Julho deste ano, até Junho do ano que vem. “O Rotary conecta o Mundo”, foi o lema escolhido. “A primeira ênfase é no crescimento do Rotary – aumentando nossa prestação de serviço; aumentando o impacto dos nossos projetos e, acima de tudo, aumentando o número de associados para que possamos ir ainda mais longe”, disse o futuro líder mundial, que defende a necessidade das conexões como sendo essenciais na experiência rotária. “O Rotary facilita a conexão entre nós, de maneira forte e significativa”, disse ele. “Ele nos conecta com pessoas que de outra forma jamais conheceríamos”, explicou ao enfatizar: “A organização nos conecta com nossa comunidade, com oportunidades profissionais, e com populações que precisam da nossa assistência”, falou.De acordo com o policial militar, Marcos Antônio Carchedi, associado ao Rotary Club de Marília-Tradição, pelo Distrito 4510 do Rotary International, Governador Eleito para a próxima gestão rotária na região centro-oeste do interior paulista, Mark Daniel Maloney pediu aos futuros líderes mundiais presentes na assembleia internacional, que ofereçam experiências alternativas e oportunidade de voluntariado que contribuam para que profissionais e pessoas muito ocupadas assumam cargos de liderança. “Ele disse que precisamos promover uma cultura de complementação da vida familiar e da vida rotária”, disse o brasileiro presente no evento que acontece nos Estados Unidos. “Para tanto, temos que dar passos práticos e eficazes para mudar a cultura atual, sendo realistas quanto as nossas expectativas, levando em conta os compromissos pessoais e receber os familiares de rotarianos nas nossas atividades”, comentou Marcos Antônio Carchedi.Em 1911 o slogan “Mais se beneficia, quem melhor serve”, foi lançado oficialmente, durante a convenção realizada nos Estados Unidos. Ele foi adaptado de um discurso que o rotariano Arthur Frederick Sheldon fez na primeira convenção, que tinha acontecido em Chicago, EUA, no ano anterior. Sheldon declarou que: “somente a conduta exemplar em relação ao semelhante gera benefícios”, reforçou. “Se os nossos negócios dependem dos serviços que prestamos ao próximo, então, “mais de beneficia quem melhor serve”, é uma constatação”, disse o rotariano ao lembrar do outro lema rotário inicial: “Dar de si, antes de pensar em si”, cujos os dois lemas iniciaram a série de anualmente haver um lema motivacional. “Esse dois lemas foram aprovados em 1950 como sendo oficiais de nossa organização”, lembrou Marcos Antônio Carchedi, ao acrescentar que o Conselho de Legislação do Rotary, em 1999, estipulou como lema principal da organização mundial, sendo o “Dar de si, antes de pensar em si”, expressando a filosofia do serviço altruísta dos rotarianos. #Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – METelefone:(14) 98137.7189 (Vivo) E-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.brSite: www.eficaz.jor.br - Twitter: marciocmedeirosLinkedin: https://www.linkedin.com/in/márcio-c-medeiros-69097820/www.facebook.com/EficazComunicacaoEmpresarialSkype: marciomedeiros8020Instagram: marcio.c.medeiros

Postado em 15 de Janeiro de 2019 por

Goverador Carlos Naves recebe Reconhecimento da Assembleia Legislativa do Paraná

Votos de Louvor e Congratulações com Menção Honrosa recebidas pelo nosso governador distrital Carlos Roberto Naves de Souza e sua esposa Ana Marcia, da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, por iniciativa do deputado estadual Marcio Nunes. Distrito 4630 sendo reconhecido pelos projetos e trabalhos realizados.  

Postado em 08 de Janeiro de 2019 por

Localizar site dos clubes