Transmissão de Cargo é marcada com apresentação musical

Mais uma Live foi organizada pelo Distrito 4630, desta vez para realizar a cerimônia de transmissão de cargo de governador distrital, pelo YouTube e Facebook, no dia -3 de julho. Da sede da governadoria, em Maringá, o médico Joel Severino Chaves, associado do Rotary Club de Jandaia do Sul, foi empossado governador do Distrito 4630. Casado com Edelilza, eles são pais de Nayara, Rodolfo e Layane.  Atento às novas tecnologias, o Distrito teve que fazer uso das “Lives” para manter o planejamento do ano rotário, assim como vários outros Distritos Rotários, Rotary Clubs do mundo todo e o Rotary International. A transmissão de cargos contou com uma apresentação dos músicos Thiago Ueda e Camila Cavalcante. Acompanhado de sua esposa Rosy, o governador 2019-20 Edio Martello agradeceu o apoio que recebeu durante sua gestão e parabenizou toda sua equipe de gladiadores: equipe distrital, presidentes, governadores assistentes, além dos rotarianos e parceiros que trabalharam incansavelmente por um mundo melhor. O governador Joel destacou em sua fala, para que os rotarianos enxerguem as oportunidades de atuar com mais afinco diante da crise, estejam abertos a se modificarem e se adaptarem a diferente realidade de vida que encontramos hoje. “Vamos aprender algo com este momento, criar novas oportunidades para fazer o Rotary crescer e ajudar as comunidades”. Larissa Nakao - Comunicação

Postado em 04 de Julho de 2020

Mensagem do Presidente Holger Knaack

Julho de 2020Embora esta não seja uma época, digamos, otimista, nós temos que ser positivos. Muito antes da fundação do Rotary, o mundo já tinha lidado com crises gigantescas que testaram a habilidade humana de tolerância e busca do progresso. Desde que o Rotary surgiu, o mundo tem enfrentado muitas catástrofes. Em meio às adversidades, nós sempre nos levantamos e ajudamos as comunidades a se recuperar. Todo grande desafio nos traz a chance de renovação e crescimento. Na Assembleia Internacional em San Diego, quando a crise de covid-19 ainda estava no começo, eu revelei meu lema O Rotary Abre Oportunidades, que é uma mensagem em que acredito já há muitos anos. O Rotary não é apenas um clube ao qual você se associa, mas um convite a possibilidades infinitas. Nós abrimos oportunidades para nós e também para outros. Nossas ações, sejam elas grandes ou pequenas, abrem oportunidades para aqueles que precisam de nós, e nesse processo o Rotary abre oportunidades para vivermos uma vida mais plena e significativa, embasada nos nossos Valores e ao lado de amigos do mundo inteiro. Os governos e instituições estão cada vez mais receptivos a parcerias em iniciativas de saúde, algo essencial ao nosso trabalho. Nestes meses de confinamento, as pessoas estão querendo se conectar e ajudar suas comunidades e, com isso, elas abraçam os princípios e valores que temos promovido por mais de um século. Apesar dessa perspectiva positiva, não é porque hoje há mais oportunidades do que nunca para o Rotary prosperar que teremos sucesso em tudo. O mundo já vinha mudando rapidamente, mesmo antes da pandemia. Há tempos que as pessoas estão se distanciando de encontros presenciais, preferindo se reunir virtualmente. As amizades estavam sendo reavivadas e mantidas pelas redes sociais bem antes da maioria das nossas reuniões ter migrado para o Skype e o Zoom. As novas gerações têm uma grande vontade de servir, mas não sabem se podem assumir um papel significativo em organizações como a nossa, ou se causariam mais impacto criando diferentes tipos de conexões. Agora é o momento de colocarmos as cartas na mesa, testar novas abordagens e moldar o Rotary do futuro. A covid-19 nos forçou a adaptarmos às circunstâncias. Isto é benéfico, e o Plano de Ação nos pede justamente para melhorarmos nossa capacidade de adaptação. Entretanto, adaptação por si só não é suficiente. Precisamos mudar de forma drástica para vencermos os desafios da nova era e fazermos do Rotary a força do bem que este mundo tanto precisa. Este é o nosso combate, não apenas no ano em curso como também no futuro. Cabe a nós transformar o Rotary nestes novos tempos — abraçando ideias, energia e determinação dos jovens em busca de um canal para materializar seus ideais. Temos que nos tornar uma organização completamente enraizada na era digital, não apenas uma organização que recorre ao universo on-line para continuar fazendo o que sempre fez. O mundo precisa do Rotary agora mais do que nunca. Vamos então garantir que O Rotary Abra Oportunidades por muito tempo ainda.

Postado em 01 de Julho de 2020

Mais Cor Tintas, de Cianorte: Envolvida em causas sociais, esportivas e culturais

Com quatro anos e meio de atividade, a Mais Cor Tintas, de Cianorte, é uma prova de que não importa o tamanho da empresa, quando se almeja atuar também com projetos para a comunidade. Wagner Rodrigues de Carvalho é um dos sócios administradores junto com sua esposa Anelise Guadagnin Dalberto. O quadro societário é composto também por Olívio César Guadaim Dalberto e sua esposa Samara Bessani de Souza; Aurélio Guadagnin Dalberto e sua esposa Evelyn Cristinne Pofahl. A empresa atua no ramo de tintas residenciais, industriais e automotivas, além de complementos para pintura, como por exemplo, rolos, pincéis, lixas, selantes, desempenadeiras, entre outros, entregando de forma gratuita para Cianorte e toda região. A principal marca de tintas comercializada é a Suvinil, líder no mercado nacional, mas também a Mais Cor Tintas apresenta outras opções de qualidade para o cliente, tais como a Farben, Hydronorth, Futura e Revnew. São seis colaboradores e um estagiário, o qual é responsável pela execução de projetos de cores para os clientes, onde os mesmos enviam a foto de sua casa, comércio ou edifício, e a loja faz, sem nenhum custo, o projeto de cores para que os clientes possam visualizar a obra acabada, diminuindo consideravelmente a possibilidade de insatisfação com o resultado final. Com atendimento presencial, por whatsApp e telefone, a Mais Cor também atende pelo facebook e instagram, sendo que o cliente tem a opção de realizar o pedido à distância e pagar no momento da entrega, sem a necessidade de se deslocar até a loja. Empresa Cidadã desde 2019, a Mais Cor investe em outros projetos, ações culturais, esportivas e sociais desde a sua fundação, sendo as mais recentes: - Em 2017: Doação de tinta para pintura da casa de uma família carente, em parceria com o Rotary Club de Cianorte; -  Em 2018: Apoio ao trote solidário dos alunos do Curso de Design da UEM - campus Cianorte, os quais realizaram melhorias no Centro de Educação Infantil (CMEI) Pequeno Príncipe do distrito de Vidigal; - Em 2018: Doação de brindes para serem distribuídos no Dia das Crianças; - Em 2018: Doação de cadeira de rodas para o Lar dos Velhinhos, um projeto desenvolvido em parceria com a Pincéis Atlas; - Em 2018: Vencedora do concurso de "Vitrines e fachadas natalinas de Cianorte", organizado pela ACIC; - Em 2018 e 2019: Aplicação de treinamentos teóricos e práticos, em parceria com a Suvinil, para os alunos do curso de Arquitetura da UNIPAR em Cianorte; - Em 2019: Início do patrocínio mensal do Coral Das Alte Erbe; - Em 2019: Início do patrocínio do maratonista de Cianorte, Vanderlei Soares - Em 2019: Patrocinaram a equipe de atletismo de Cianorte; - Em 2020: Participação no projeto "Pintor do Bem", uma ação do Grupo de Pintores do Noroeste do Paraná. Os pintores da cidade onde será realizada a ação, juntamente com pintores de cidades próximas, em parceria com a loja de tintas, se reúnem, normalmente em um domingo e todos, voluntariamente, realizam a pintura de uma instituição de caridade. Os pintores doam sua mão de obra e a loja parceira doa a tinta. Cianorte foi a segunda cidade do Estado a receber o projeto, o qual foi realizada na APMI - Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Cianorte; - Em 2020: Participação do projeto dos cursos de Design e de Moda da Universidade Estadual de Maringá, campus Cianorte, para a confecção de mais de 1000 máscaras, que foram doadas a vários Hospitais e UBS de Cianorte e região, - Em 2020: Iniciamos o projeto "Árvore Solidária", no qual foi grafitada uma árvore na fachada da loja e pendurados cabides para as pessoas deixarem roupas, alimentos, sapatos, cobertores, livros, a fim de ajudar a quem necessita. As pessoas deixam estes itens na árvore e quem precisa, pode passar e levar. “Entre nossos valores está a responsabilidade social, poder cumprir este valor ao lado de uma organização renomada na área de projetos sociais, nos ajuda no percurso que queremos trilhar como empresa, que visa colaborar na construção de um mundo mais justo”, destaca Wagner. Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 25 de Junho de 2020

Rotary e os refugiados: projeto em Boa Vista apoia limpeza de abrigos

Em abril, o Alto Comissariado da Organização das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR) contabilizava 5896 pessoas vivendo nos 13 abrigos do estado de Roraima. Com tantos refugiados vivendo juntos, as necessidades são inúmeras e atender a todas é um grande desafio. Um destes desafios é manter a limpeza destes locais, e foi pensando nessa necessidade que o Rotary entrou mais uma vez em ação para ajudar essa população. Em uma iniciativa que envolveu doações de clubes de todo o Brasil, o Rotary comprou uma máquina para produzir hipoclorito de sódio, composto que é a base para a fabricação de água sanitária. Hoje, o equipamento permite a produção de 150 litros por dia do desinfetante, que são doados para a limpeza de 11 abrigos na capital Boa Vista e outros dois em Pacaraima, na fronteira com a Venezuela. Em Roraima, os abrigos têm capacidade de acolher entre 216 e 1386 pessoas. Nos locais, que contam com banheiros químicos, a água sanitária doada ajuda a garantir a higiene para as centenas de venezuelanos que lá vivem. A iniciativa para a compra do equipamento partiu de Celso Bergmaier, hoje presidente do Rotary E-Club Distrito* 4740 Inspiração. Em maio do ano passado, ele saiu de Chapecó (SC) para conhecer o trabalho da Operação Acolhida, iniciativa do governo federal para receber refugiados venezuelanos em Roraima. Em viagem para Boa Vista, Bergmaier participou de uma reunião com diferentes agências que ajudam no suporte aos venezuelanos. Na ocasião, ficou sabendo da carência de água sanitária para limpeza dos abrigos, já que o produto precisava ser adquirido em grandes quantidades, o que não é algo fácil de se fazer naquela região. “Durante os oito dias que permaneci na Operação Acolhida, tive uma experiencia inigualável, única, que serviu como reflexão sobre nosso papel como rotarianos e das contribuições que podemos oferecer à humanidade, pois, muitas vezes, eu não tinha ideia de que poderia fazer um trabalho tão significativo”, destaca Bergmaier sobre como a situação dos refugiados mexeu com ele. Ele deu início, então, a uma grande mobilização entre clubes de todo o país. A iniciativa foi tão bem sucedida que arrecadou R$ 16 mil. “Praticamente todos os distritos* do Brasil contribuíram com R$ 500, que depois foram transferidos para o clube de Boa Vista – Caçari”, lembra. A verba foi mais que suficiente para a aquisição da máquina e também permitiu a compra de sal e galões retornáveis, necessários para a produção e distribuição da água sanitária. Parte do dinheiro foi ainda investido na reforma de uma cozinha industrial, dentro de uma igreja católica, usada para o preparo e distribuição de refeições aos refugiados.     O Rotary Club de Boa Vista-Caçari, único no estado de Roraima, cuidou da compra da máquina e fez a cessão do equipamento para uma entidade parceria do ACNUR realizar a produção do desinfetante. “A máquina foi cedida para a ADRA (Agência Humanitária da Igreja Adventista do Sétimo Dia) pelo Rotary. A produção é feita pelos voluntários da ADRA”, explica Paulo Bragato, governador assistente do distrito* 4720. Mesmo não cuidando diretamente da produção da água sanitária, o Rotary continua apoiando a fabricação do produto, realizando a compra de mais insumos e galões para a distribuição. “Não é um produto tão caro. A embalagem é até mais cara, mas pela quantidade que precisa ser usada, acaba se tornando caro, já que tudo é sustentado por doação”, explica Bragato, sobre a dificuldade em ter água sanitária em quantidade suficiente para atender a todos os abrigos. Segundo Bragato, um dos grandes parceiros nos cuidados do Rotary com os refugiados tem sido o Ministério Público do Trabalho de Roraima, que direciona doações para diversos projetos do clube. O governo do estado de Roraima também contribui, oferecendo água e luz gratuitamente à escola onde a água sanitária é fabricada. O desinfetante é distribuído semanalmente aos abrigos. Com a pandemia de Covid-19, manter a higiene nos abrigos com centenas de refugiados tem sido ainda mais importante para garantir a saúde de todos os homens, mulheres e crianças que ainda esperam pela oportunidade de uma vida melhor. E, para isso, eles podem continuar contando com o apoio do Rotary. *Para quem não conhece a estrutura do Rotary International, regionalmente, os Rotary clubs são agrupados em distritos. Crédito das fotos: Fernando Teixeira

Postado em 24 de Junho de 2020

Horta Viva Sementes é Empresa Cidadã desde o início do programa

Empresa maringaense, a Horta Viva Sementes começou suas atividades em 1992, comandada pelo sócio proprietário Constantino de Marchi Junior. Especializada em produtos agrícolas, como por exemplo, telas de sombreamento, sementes, produtos para irrigação, fertilizantes, entre outros, a empresa atualmente conta com 08 funcionários. Rotariano há 24 anos pelo Rotary Club de Maringá Sul, Constantino investe no Programa Empresa Cidadã por conhecer bem de perto os benefícios da Fundação Rotária e por enxergar que todo cidadão privilegiado deveria pensar em fazer algo pela comunidade. “Claro que, como rotariano há tanto tempo, investir como empresário em um programa do Rotary é o mínimo que eu poderia fazer. Mas se estou na organização é porque só vejo benefícios em ser rotariano. Como empresário, meu entendimento é que a maior parte das empresas têm enxergado com mais valorização o seu papel social na sociedade, de estarem mais interessadas em participar de algo, no âmbito da Responsabilidade Social. E isso é bonito, ir além da visão do negócio, do seu sustento, como parte formadora de uma condição melhor para aqueles que não têm condições”, pontua Constantino. De acordo com ele, apoiar o Programa Empresa Cidadã é uma forma segura para aquele empresário que deseja apoiar uma causa social e não sabe por onde começar. “O Rotary é uma organização presente em diversos países do mundo, com mais de 100 anos de atuação. Apoiar as causas da Fundação Rotária é uma forma confiável e segura de se investir o dinheiro, além do que, o pouco você disponibiliza, mensalmente, será bem empregado e o retorno será garantido para as comunidades a serem atendidas”. Além do atendimento presencial, a Horta Viva Sementes atua no e-commerce, para onde comercializa seus produtos para todo o Brasil. Para conhecer mais sobre a empresa, acesse: https://www.hortavivasementes.com.br/  Larissa Nakao Comunicação Corporativa

Postado em 17 de Junho de 2020

Mesmo com a economia fragilizada, empresário investe no Programa Empresa Cidadã

O impacto do coronavírus na economia e na vida das pessoas é inquestionável. Em maior ou menor grau, difícil encontrar alguém que não tenha sido impactado. Ainda assim, empresários têm encarado este momento como decisivo para ajudar as famílias em situação de vulnerabilidade. A credibilidade do Rotary em todo o mundo e sua rápida ação no combate às doenças, fez com que Alexandre Cesar Discioli assinasse no último dia 19 de maio, contrato com o Rotary Club de Maringá-Acim no programa Empresa Cidadã. “Todos estão sentindo as dificuldades que a pandemia tem nos exposto, das mais variadas formas, emocionalmente, financeiramente, etc, mas com certeza a população carente é a mais impactada com tudo isso. Na nossa condição de mais ‘favorável’, fazer a parceria com o Rotary é uma forma de ajudar todos aqueles que precisam, pois sabemos como os projetos estão sendo direcionados, ajudando àqueles que foram mais prejudicados”, explica o empresário da Discioli Seguros. A empresa conta com 23 colaboradores internos e 52 externos.  Para o presidente do Rotary Club de Maringá Acim, Anníbal Bianchini, apesar da economia estar fragilizada, esse é o momento para mostrarmos aos empresários que mais do que nunca precisamos ser protagonistas na recuperação do país. “O Rotary é o lugar mais certeiro para investir na formação das lideranças que guiarão essa retomada. Ser rotariano é agir local e pensar global!”.  Larissa Nakao  Comunicação Corporativa

Postado em 09 de Junho de 2020

Ver todos

ENTREGA DE PARTE DO APARELHOS E EQUIPAMENTOS DO PROJETO GLOBAL EMERGENCIAL DEVIDO AO COVID-19

O Rotary Club de Campo Mourão - Raio de Luz, representado pela Presidente Ruth de Godoy Machado e Vice-Presidente Ana Cláudia Padilha, esteve nesta sexta-feira, 03 de Julho, na Santa Casa de Campo Mourão acompanhando a entrega de Projeto de subsídio global efetuado com o Distrito 4630, para atender as necessidades da UTI COVID-19. Os equipamentos foram entregues pelo Governador 2013/14, Presidente da Comissão da Fundação Rotária Distrital Dr. Antonio Carlos Cardoso. Estiveram presentes na solenidade os demais Clubes de Rotary de nossa cidade, além do Secretário de Saúde do Município e diretores da Santa Casa. VALOR DOS EQUIPAMENTOS DESTINADOS À CAMPO MOURÃO R$ 162.312,00 - TOTAL DO PROJETO R$ 691.600,00, divididos entre 6 Clubes de Rotary do Distrito 4630. EQUIPAMENTOS ENTREGUES: 10 Camas comando eletrônico 10 movimentos - R$ 45.000, 00; 01 Cardioversor/Desfibrilador - R$ 6.830,00; 01 Aparelho Eletrocardiograma;01 Videolaringoscópio; 1.500 máscaras N95;02 Videolaringocópios impressos 3D - R$ 50.000,00; 270 Testes IgG IgM COVID - R$ 35.562,00.; 1000 Aventais Cirúrgicos - R$ 9.800,00; 1000 Toucas descartáveis - R$ 1.400,00; 2000 Propés - R$ 2.600,00; 1000 Máscaras cirúrgicas tripla - R$ 1.790,00; 50 óculos de proteção -R$ 250,00 50 Viseiras Face Shields R$ 1.500,00.  

Em 06/07/2020 por Rotary Club de Campo Mourão-Raio de Luz

Posse Conjunta Goioerê

No próximo dia 8 de Julho de 2020 teremos a realização da Posse da Conselho Diretor para o Ano Rotário 2020/2021 com o lema O Rotary Abre Oportunidades. O evento será em conjunto com o Rotary Club de Goioerê, Rotary Club Satélite de Goioerê União Atitude, Rotary Club Satélite de Goioerê Rancho Alegre D'Oeste, Rotaract Club de Goioerê e Interact Club de Goioerê. A transmissão ao vivo será pela página do Rotary Club de Goioerê no Facebook.

Em 05/07/2020 por Rotary Club Satélite de Goioerê-União Atitude

TRANSMISSÃO DE POSSE DO ROTARY CLUB DE SANTA ISABEL DO IVAÍ

  No último dia 30 de junho de 2020, o Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí, realizou a cerimônia de TRANSMISSÃO E POSSE ON-LINE DO CONSELHO DIRETOR 2020/2021. O Presidente 2019/2020 Renato Costa Nunes, conduziu a Reunião de posse. Em seguida o Companheiro Presidente 2020/2021 Marcos Jose dos Santos, nomeou sua mesa diretora e as avenidas de serviço. Também contamos com os pronunciamentos do Companheiro Governador 2009/2010 Jose Claudiney Rocco, do Companheiro Ga 2019/2020 Emanuel Pedro Augustinho e do Ga 2020/2021 Ricardo Groshevis. Aconteceu ainda uma pequena homenagem dos companheiros do Clube para o presidente 2019/2020 Renato Costa Nunes, relembrando todas as ações do último ano rotário. Os discursos dos dois presidentes, Renato e Marcos foram emocionados, agradecidos e esperançosos. A reunião terminou com agradecimentos pelo ano rotário que se encerra e com parabenizações e apoio para o ano rotário que se inicia. “O ROTARY ABRE OPORTUNIDADES”

Em 30/06/2020 por Rotary Club de Santa Isabel do Ivaí

CERIMONIA VIRTUAL DE TRANSMISSÃO DE POSSE DO CONSELHO DIRETOR 2020/21 DO ROTARY CLUB DE CAMPO MOURÃO-RAIO DE LUZ

Noite de sexta-feira (26), cerimônia virtual de transmissão de cargo de Presidente e posse do Conselho Diretor-ano rotário 2020/21, do Rotary Club de Campo Mourão-Raio de Luz.A abertura realizada pela presidente Ana Cláudia Padilha com oração da Companheira Jessica Introvini e hino nacional.Protocolo: Miriam Zamboni.Na tela foram destacadas as ações e projetos do ano rotário 19/20 e a importância das empresas cidadãs para que se realizem.A presidente Ana Cláudia Padilha com muito merecimento, foi agraciada com a Comenda Paul Harris.Homenagem a presidente feita pela companheira Liziane Corassari, com presente enviada por todas companheiras do Club.O governador 13/14 e padrinho Antonio Carlos Cardoso, fez uso da palavra e emocionou a todos, pelas palavras de orgulho por ter sido o mentor da criação do Club.A governadora assistente Tatiany Fontoura França, foi a porta-voz da mensagem do governador Edio Martelo à Presidente Ana Cláudia Padilha e companheiras.Após a transmissão de cargo a presidente empossada Ruth Godoy Machado, emocionada fez seu discurso da noite.Protocolo:Cleire Matilde Arcain, deu continuação a cerimônia que teve o governador assistente, representando o governador 20/21 Joel Severino Chaves com o discurso final da cerimônia.

Em 29/06/2020 por Rotary Club de Campo Mourão-Raio de Luz

Educação recebe R$ 181,3 mil do Rotary Verdes Campos

A Secretaria Municipal de Educação recebeu nesta quarta-feira (24) o valor de R$ 181,3 mil destinado pelo Rotary Club Verdes Campos. O recurso faz parte do Projeto “Apoio a Educação Básica e Alfabetização”, elaborado pelo clube de serviço mourãoense e aprovado pela Fundação Rotária. “Dentro da sistemática de funcionamento do Rotary os clubes de serviço espalhados por todo o mundo podem buscar recursos da Fundação Rotária para projetos globais. Em Campo Mourão montamos o projeto e foi aprovado”, explica o presidente do Rotary Verdes Campos, Lindomar Teles, durante a cerimônia de entrega do cheque simbólica. O recurso contempla compra de equipamentos para a educação especial, bem como cursos à distância e presenciais para profissionais da educação municipal. “É uma grande satisfação sermos contemplados com esse projeto e só temos que agradecer ao Rotary Verdes Campos por contribuir na qualidade de ensino do nossos município”, ressaltou a secretária municipal de Educação, Tânia Caetano.

Em 24/06/2020 por Rotary Club de Campo Mourão-Verdes Campos

Mapa de Clubes do Distrito 4630

Localizar site dos clubes