Projeto Global é entregue ao CEEBJA

Postado em: 18 de Janeiro de 2019

O Centro Estadual de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJA) “Professor Manoel Rodrigues da Silva” recebeu, no dia 13 de dezembro passado, Projeto de Subsídio Global no valor de R$ 172.364,40, investidos em 18 conjuntos de computadores com acesso à internet e Smart TV 55 polegadas instalados em 13 Salas do Atendimento Coletivo, em 02 Salas de Recurso Multifuncional (SRM) – SRM Deficiência Intelectual e SRM Deficiência Visual, na Sala de atendimento individual das disciplinas de Artes e de Educação Física e em uma Sala Multimídia.

O valor também contempla equipamentos para a segurança como gravadores de vídeos e câmeras instaladas em pontos estratégicos, nas áreas internas e externas da escola e sistema de alarme. Para o controle de acesso foi instalada a catraca biométrica, no portão de acesso dos alunos e um software de monitoramento. Dessa forma, a entrada, saída e tempo de permanência de uma pessoa nas dependências da escola pode ser controlada, o que favorece a segurança de todos. 

Um dos maiores do Paraná – Este CEEBJA completou 33 anos de história e oferta o Ensino Fundamental Fase II e o Ensino Médio por meio da modalidade de Educação de Jovens e Adultos, de forma presencial coletiva e individual.  A sede fica na Rua Paranaguá, 430 - Zona 07 de Maringá. Tem também turmas no período noturno, que funcionam em escolas em bairros de Maringá, nos Distritos de Iguatemi e Floriano e nas cidades de Ângulo, Dr Camargo e Floresta, que são denominadas APEDs (Ações Pedagógicas Descentralizadas). Também há a APED Especial no Centro de Socioeducação (CENSE) que atende adolescentes em conflito com a lei.

A matrícula é realizada por disciplina, sendo possível cursar até quatro matérias ao mesmo tempo, nos períodos da manhã, tarde ou noite. Para se inscrever no Ensino Fundamental a idade mínima é de 15 anos e no Ensino Médio 18 anos.

Segundo Ausileide Alves Leal, que trabalha no CEEBJA há 20 anos, atuando como professora e coordenadora das APEDs e desde 2016 assumiu a direção do estabelecimento de ensino, ter sido contemplado com os recursos foi um grande avanço.

“Para os diferentes grupos de educandos - jovens, adultos, idosos, educandos com deficiência, estrangeiros atendidos - as tecnologias e seus recursos de texto, imagem, áudio, vídeo, comunicação e interação ampliam as possibilidades de sistematização e organização de atividades pedagógicas que favoreçam o processo de ensino, visando como resultado aprendizagens significativas pelos educandos e atividades que os coloquem como protagonista de seu próprio aprendizado”, explica Ausileide.

Atualmente tem cerca de 2600 alunos matriculados. Nos três turnos de funcionamento encontram-se alunos com dificuldades de aprendizagem e alunos com deficiência, estes últimos são aproximadamente cem alunos e que apresentam as seguintes deficiências:

  • Deficiência Intelectual, Transtornos Funcionais Específicos (dislexia, disgrafia, disortografia e discalculia), Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade – TDAH e Altas Habilidades/Superdotação, que são atendidos pelo programa de Sala de Recursos Multifuncional tipo I.
  • Deficiência Física Neuromotora, cada aluno é atendido por um Professor de Apoio à Comunicação Alternativa – PAC.
  • Transtornos Globais do Desenvolvimento, os alunos são atendidos por um Professor de Apoio Educacional Especializado – PAEE.
  • Deficiência Auditiva/ Surdez – os alunos são acompanhados por profissionais tradutores e intérpretes de Língua Brasileira de Sinais – Libras/ Língua Portuguesa- TILS.
  • Deficiência Visual/Cegueira e Baixa Visão – os alunos são atendidos pelo programa de Sala de Recursos Multifuncional Tipo II.
  • Surdocegueira, o aluno é acompanhado por um profissional denominado de Guia-intérprete.

Participaram do Projeto Global: Rotary Clubs de Maringá Parque do Ingá, Maringá, Maringá Novo Centro, Maringá Colombo, Maringá Aeroporto, Maringá Velho, Distrito 4630, Distrito 5330, Strongsville (Ohio –EUA), Maringá Horto, Campo Mourão Raio de Luz, Campo Mourão Araucária e Maringá Cidade Ecológica.

 Por Larissa Nakao

Comunicação Corporativa

 

 

 

 

Localizar site dos clubes