Renato Tavares se despede da Comissão Distrital da Fundação Rotária

Postado em: 02 de Julho de 2019

O governador 2015-16 Renato Tavares esteve à frente da Comissão Distrital da Fundação Rotária por três anos, de 2016 a 2019, com a responsabilidade de ensinar os clubes a desenvolverem projetos e a aumentarem a arrecadação para a Fundação Rotária.

“O Rotary prega que como rotariano devemos fazer o bem no mundo. A Fundação Rotária é a grande ferramenta para que possamos fazer o bem e de forma sistematizada, com resultados de impacto, utilizando a experiência de mais de 100 anos de história. Mostramos a necessidade de que estes projetos precisariam ser duradouros e sustentáveis. Os clubes tinham muito receio de desenvolver projetos globais. Alteramos o modelo dos projetos distritais para que ficassem iguais ao modelo do subsidio global e desta forma os clubes entenderam que o trabalho de fazer um distrital seria o mesmo de um global”, explica.

Como resultado, ao longo destes três últimos anos, foram executados 152 projetos de subsídios distritais dos quais foram utilizados US$ 117.140,00 do fundo distrital, que foram transformados em R$ 1.200.000,00 aplicados nas comunidades.

Somente em 2018-29 foram 50 projetos distritais realizados, a exemplo da Biblioteca Container de Peabiru, dos brinquedos pedagógicos em Araruna, atendimento a pequenos produtores rurais em Barbosa Ferraz, testes psicológicos em Borrazópolis, colchões para a comunidade Bethânia em Cianorte, em Mamborê atendendo crianças em vulnerabilidade social, uma câmara fria e um refrigerador no albergue em Maringá, e tantos outros.

Em relação aos subsídios globais, a Comissão Distrital da Fundação Rotária nos últimos três anos desenvolveu 18 projetos globais, totalizando US$ 977.803, quase 1 milhão de dólares, entregues nas comunidades. Foram utilizados US$ 125.000 do fundo distrital para este fim, o que dá um fator de multiplicação de mais de sete vezes. Em 2018-19 foram 7 projetos pagos e mais outros 18 projetos estão na fila.

“As contribuições à Fundação Rotária nos últimos três anos atingiu a cifra de US$ 964.784,00, quase 1 milhão de dólares. Somente no último ano, até este momento são mais de 300 mil. Os rotarianos do Distrito 4630 sabem da importância em contribuir, tendo em vista a verdadeira multiplicação dos recursos em ações humanitárias sustentáveis e duradouras. Fator importante em nossas contribuições são as doações das empresas, pessoas jurídicas que entendem que o Rotary é o mecanismo que irá fazer com que a empresa retorne parte do seu lucro, para a comunidade, através das ações de responsabilidade social”, destaca Tavares.

Nas bolsas educacionais o Distrito 4630 encontrou dificuldades em indicar pessoas para as bolsas pela paz mundial, mas em compensação, resultados incríveis surgiram nas bolsas da Geórgia. Nos últimos três anos foram 13 intercambistas que fizeram este programa, somente em 2018-19 foram 5: Flavia, Gabriel, João Felipe, Magno e Vitoria.

O VTT, o intercâmbio vocacional, permitiu ao Distrito 4630 receber um grupo da Califórnia do Distrito 5330, que veio com o propósito de conhecer os projetos e ações humanitárias do nosso distrito, como agimos, parcerias e acompanhamento. Foram mostrados cerca de 20 projetos, além da participação do grupo em 10 reuniões rotárias.

“Encerro meu período com muito orgulho de ter cumprido o meu dever. Outros virão e a missão a cada dia é maior! Novos patamares serão alcançados e o Distrito 4630 merece, mas o mais importante é que a cada dia teremos aumentado a nossa ação nas comunidades”, agradece o governador 2015-16.

Larissa Nakao

Comunicação Corporativa

Localizar site dos clubes